Prefeitura Municipal de Macaé

Prefeitura capacita cuidadores domiciliares em curso gratuito

2017-09-12 17:41:00 - Jornalista: Elis Regina Nuffer
Compartilhe:  
Foto de pessoas em sala
Foto: Divulgação
Curso acontece em parceria entre a Secretaria de Educação, Saúde e UFRJ, na Cidade Universitária

A prefeitura, em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), está capacitando a primeira turma do curso gratuito de cuidadores domiciliares, que são pessoas que cuidam de pacientes que dependem de assistência em seu domicílio, ou que pretendem trabalhar nessa área. O curso tem 50 alunos e já conta com uma fila de espera de 80 inscritos para a segunda turma, prevista para começar em fevereiro de 2018. As aulas começaram no dia 22 de agosto e o curso será ministrado até 17 de outubro, na Cidade Universitária, sempre às terças-feiras, com um total de 80 horas/aula, integrando o Projeto de Extensão Universitária.

O curso é realizado pelas equipes da Secretaria Municipal Adjunta de Ensino Superior, por meio da Secretaria de Educação, e a Secretaria de Atenção Básica, vinculada à Secretaria de Saúde, e dos cursos de Enfermagem e Obstetrícia, Nutrição e Farmácia da UFRJ. O objetivo é humanizar as relações entre os pacientes e os cuidadores, oferecendo capacitação a estas pessoas para que o trabalho seja reconhecido no mercado de trabalho, uma vez que ainda não é uma profissão regulamentada.

- Na minha tese de doutorado percebi a importância de quem cuida em domicílio de pessoas de todas as idades e com vários tipos de necessidades. Elas precisam de orientação não somente técnica, mas que também favoreçam a sua própria saúde e bem-estar, além dos cuidados de manejo e outros com os pacientes -, destacou a professora do curso de Enfermagem da UFRJ, Raquel Silva de Paiva. Ela faz parte da equipe de coordenação do curso de cuidadores junto com Miriam Benjamin, da Ensino Superior, e Kelly Pires Coura, representante da Atenção Básica.

As experiências relatadas no curso são inúmeras. Rosimárcia da Silva Loureiro, cujo marido teve de amputar as duas pernas devido à diabetes, não encontrou barreiras para estar no curso.

- Vim fazer o curso porque lido com o meu marido que precisa de cuidados o tempo todo em casa. Aqui descobri que para cuidar dele preciso levantar a minha autoestima. Hoje, com a forma como fui acolhida pelos profissionais do curso e os alunos, já mudei até a forma de lidar comigo mesma e descobri que tenho de me aprimorar para cuidar cada vez melhor das pessoas -, definiu.

Fisioterapeuta, Daniel Ramos Grijó Júnior contou que já trabalha como cuidador domiciliar. Ele destacou a importância da capacitação a nível de compartilhamento das experiências:

- No curso estou aprendendo e trocando o que sei. Isso é fundamental para a minha capacitação e para as pessoas que dependem dos meus cuidados. É uma oportunidade única e um excelente caminho para que cuidador domiciliar seja uma profissão regulamentada -, destacou.

Além das relações com o paciente e consigo mesmo, o curso está apresentando a rede básica de Saúde à disposição dos cidadãos e que muitos alunos não conheciam, nem os serviços, nem a gama de profissionais que atuam diariamente em diversas unidades da prefeitura. Na quarta aula, ministrada nesta terça-feira (12), a nutricionista Carine Lima mostrou como funciona a Coordenadora da Área Técnica de Alimentação e Nutrição (Catan), e a assistente social Benízia Pessanha, o Programa de Assistência Domiciliar da rede municipal. Cada semana são apresentados outros serviços públicos e gratuitos para a população e importantes que os cuidadores domiciliares saibam onde e como funcionam.

Busca

Acesso Rápido

Destaque