Prefeitura Municipal de Macaé

Atleta macaense de CrossFit é destaque mundial

2017-08-10 11:50:00 - Jornalista: Thamires Costa
Compartilhe:  
um rapaz musculoso dentro de um espaço físico de uma academia sentado em um bloco de madeira
Foto: Guga Malheiros
De Macaé para o mundo: Guilherme Malheiros, 17 anos, ficou em 2º lugar na categoria teens na Copa do Mundo do CrossFit

Guilherme Malheiros, 17 anos e a responsabilidade de ser o melhor atleta brasileiro da categoria teens do CrossFit. O menino de ouro do esporte do momento acaba de ficar em segundo lugar no Games, campeonato conhecido como a Copa do Mundo do CrossFit, realizado em Madison, nos Estados Unidos.

Praticando o esporte há apenas dois anos, Gui Malheiros conta que descobriu o CrossFit em um box da cidade, hoje sua segunda casa. "Comecei a fazer CrossFit para melhorar no basquete, mas o cross começou a atrapalhar, então larguei o basquete", conta Guilherme, que descobriu no CrossFit o "esporte criado para ele".

Hoje, o segundo atleta mais condicionado do mundo se destaca pela sua força. Logo na primeira prova do Games, Guilherme impressionou o mundo ao fazer o Snatch, modalidade de levantamento de peso olímpico, que tem por objetivo elevar a barra do chão para cima da cabeça em um movimento contínuo, usando vários músculos do corpo. "Não tinha noção de quanto tinha sido esse feito. Durante o campeonato, as pessoas vinham me abraçar, pedir para tirar foto, não fazia ideia do reconhecimento", afirma o crossfitter, que sentiu ainda mais confiante após a prova.

Mais do que reconhecimento, Guilherme hoje é um dos principais responsáveis por representar o Brasil no mundo do CrossFit. "É consequência do trabalho feito. É bom para que as pessoas olhem para o CrossFit de outra forma. Representar meu país é extraordinário, um sentimento de alegria imensurável", afirma Malheiros.

Estudante de educação física, o menino tem sonhos e metas traçados. Começa agora, junto de uma equipe, o trabalho para chegar a competir na categoria elite individual. Mais do que talento, o atleta mantém sua rotina altamente disciplinada, com treinos, alimentação regrada e como o próprio diz seu ser ponto forte: foco e dedicação.

Com um treinamento de força e em alta intensidade, o CrossFit tem crescido também em Macaé - a cidade hoje possui quatro box e o esporte ganha cada vez mais adeptos. "O CrossFit é para todos, mas não é para qualquer um", afirma Guilherme, explicando que todos conseguem fazer CrossFit, mas que é preciso ter força de vontade. "É um esporte de superação, de autoconhecimento e avaliação. Você compete com você mesmo", afirma.

Além do Games CrossFit, em seus últimos campeonatos, Guilherme conquistou o primeiro lugar na categoria Duplas Elite no Double IG 2017. No Monstar Games 2016, nas etapas de São Paulo e Rio de Janeiro, ficou em terceiro lugar. O próximo campeonato do atleta é o TCB, de 24 a 27 de agosto em Valinhos, São Paulo.

Busca

Acesso Rápido

Destaque