Seminário discute desenvolvimento sustentável

2005-03-16 17:56:10 - Jornalista:
Compartilhe:  

Evento está discutindo no Teatro Municipal políticas públicas de meio ambiente e saúde. O seminário termina nesta quinta-feira.

Representantes de diversos segmentos da sociedade estão participando do I Seminário Petróleo: Saúde, Ambiente e Sustentabilidade, que termina nesta quinta-feira no Teatro Municipal de Macaé. O prefeito Riverton Mussi participou nesta quarta-feira da abertura do evento, junto com o presidente da Câmara, vereador Eduardo Cardoso; o representante dos ministérios da Saúde, Meio Ambiente e Cidades, Guilherme Franco; o gerente de Comunicação Empresarial da Petrobras, Gilberto Puig e a vereadora Marilena Garcia. O evento está discutindo políticas públicas para o desenvolvimento urbano de Macaé dentro das áreas de saúde, meio ambiente e cidades.

Para executar políticas voltadas para a sustentabilidade da cidade, o prefeito afirmou que é preciso desenvolver um trabalho integrado entre Legislativo, Executivo, Judiciário e sociedade para o fomento de discussões. “A marca de nossa administração é a participação e a interação com a sociedade. É fundamental a promoção de discussões para sabermos para onde vamos e de que forma”, assinalou. O prefeito disse também que a implantação do Plano Diretor será fundamental para as próximas diretrizes. Durante seu discurso, Riverton convidou os participantes do seminário para o evento de assinatura de início da construção da Universidade Municipal de Macaé (UMM), que acontece nesta sexta (18), às 15 horas, no Macaé Centro.

O representante do governo federal, Guilherme Franco, destacou que o seminário é uma oportunidade de ser criada uma nova compreensão de abordagem de políticas públicas. “A partir da própria municipalidade, debatemos possibilidades de construção coletiva de mecanismos com forte participação da comunidade”, disse. O presidente da Câmara, Eduardo Cardoso, ressaltou que a sociedade evoluiu nas últimas três décadas em questões institucionais e de legislação. “Nossas empresas têm que se adaptar às ISOs, mas há ainda muito que fazer”, comentou.

O gerente de Comunicação Empresarial da Petrobras, Gilberto Puig, avaliou que o seminário é pautado pela lógica de valores. “São valores fundamentais para a humanidade: saúde, meio ambiente e sustentabilidade”, considerou. Puig comentou sobre a lógica de resultados – que pautam as empresas –, a lógica dos poderes – divididos entre o Executivo, Legislativo e Judiciário - e a necessidade de se fazer uma sustentabilidade com a união das lógicas. “Não se pode falar de sustentabilidade olhando só para nossa lógica. Só vamos avançar quando, além de olhar nossa lógica, conseguirmos olhar a lógica dos outros”, finalizou.

Participaram do primeiro dia de seminário secretários, vereadores, representantes de instituições e entidades, população de Macaé e região. Nesta quinta-feira estarão em pauta os painéis “Gestão Participativa e ambientes saudáveis” e “Controle social para ambientes saudáveis”. Serão abordadas a democracia ambiental e gestão participativa; instâncias de participação social locais; papel da educação ambiental como elemento transformador da sociedade; poder público e a construção de ambientes saudáveis; papel dos legislativos municipais; o direito a ambientes saudáveis.

Busca

Acesso Rápido

Destaque