Prefeitura Municipal de Macaé

Investimento em campos maduros pode aquecer economia

2017-06-28 14:59:00 - Jornalista: Tatiana Gama
Compartilhe:  
Foto do prefeito, doutor Aluízio, dando entrevista para jornalistas
Foto: Rui Porto Filho
Objetivo é ampliar oferta de emprego com vigor econômico do óleo e gás

"A urgência que precisa ser vencida é o desemprego. A porta de entrada, em um curto prazo, é a revitalização dos campos maduros na Bacia de Campos". Esse é o balanço que o prefeito de Macaé, Dr. Aluizio, fez nesta quarta-feira (28), após a Feira Brasil Offshore, evento internacional de petróleo e gás realizado na última semana, no município.

Dr. Aluizio, também presidente da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), anunciou que a perspectiva pode gerar um novo cenário para o retorno dos empregos já em 2018.

"Já tivemos diversas conquistas como a quebra do marco regulatório, retorno da agenda de leilões em setembro, flexibilização do conteúdo local e possibilidade de mudanças nos tributos do petróleo. Mas esses avanços são para uma expectativa de resultados em 2021. Já o retorno da produção de campos maduros traz resultados mais imediatos. Tudo depende apenas de uma questão contratual entre a Petrobras, que não tem mais interesse em investir, e fornecedoras, por meio de consórcios", explicou o prefeito.

Durante a apresentação, Dr. Aluizio destacou que a cidade obteve um déficit de 40 mil empregos formais nos últimos quatro anos. Com o retorno dos investimentos em campos maduros, caso dez sondas sejam reativadas, por exemplo, a expectativa é gerar 20 mil empregos. Os números representam 50% dos postos de trabalhos perdidos em Macaé.

"É possível mudarmos esse cenário se tivermos investimentos e tecnologias. Todos os gestores municipais do Estado do Rio de Janeiro estão unidos e vamos cumprir uma agenda em Brasília para incentivarmos esse projeto. Seja diretamente no petróleo, na hotelaria ou no comércio, a única forma do estado e o país saírem da crise é através de novos empregos", acrescentou Dr. Aluizio.

Bacia de Campos: é preciso investir

O prefeito de Macaé esteve em Brasília, este mês, em reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, levantando justamente a bandeira de retomada de investimentos. Ele explicou ao parlamentar a necessidade da indústria de óleo e gás voltar sua política de investimentos, urgentemente, para a Bacia de Campos. Segundo o prefeito, a região e, sobretudo a cidade, estão preparadas para a nova fase do petróleo, com a quebra do modelo de partilha, que deverá elevar, consideravelmente, o nível de empregabilidade.

Aeroporto

Outro ponto apontado pelo prefeito foi o aeroporto de Macaé, incluído na lista de obras de infraestrutura do Programa Avançar, que o governo federal pretende lançar em breve. Segundo recursos previstos para o Avançar dentro do Estado do Rio, serão injetados até 2018, R$ 34 milhões em três aeroportos de municípios fluminenses: Macaé, Itaperuna e Resende. O montante chegará a R$ 67,28 milhões para as três obras.

Busca

Acesso Rápido

Destaque