Rede de Atenção Básica da Saúde passa por capacitação

2021-11-24 10:38:00 - Jornalista: Márcio Siqueira
Compartilhe:  
Foto: Divulgação /Secretaria de Saúde
Cerca de 110 agentes participaram da ação

Agentes comunitários de saúde (ACS), que compõem a rede de Atenção Básica da Saúde, participaram, esta semana, de capacitação com objetivo de ampliar estratégias de prevenção à sífilis e outras doenças sexualmente transmissíveis.

Através da programação definida pela Gerência de Vigilância em Saúde junto ao Programa IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis), a capacitação teve a proposta de orientar e preparar os agentes comunitários a identificarem possíveis casos e acolher pacientes, direcionando de imediato a procedimentos como testagem e tratamento.

“A capacitação reforça a estratégia da busca ativa de casos de sífilis adquirida, fortalecendo a rede de prevenção à sífilis congênita através do trabalho direcionado a gestantes. Nós ofertamos testes rápidos e exames nas unidades da rede de Atenção Básica que serão referência também para o tratamento. A conscientização sobre os métodos preventivos também é essencial para fortalecer a rede de prevenção”, destacou a gerente de Vigilância em Saúde, Elenice Sales.

A capacitação foi realizada na segunda (22) e terça-feira (23), no auditório da Cidade Universitária com a presença de 110 ACSs que atuam nos polos da Estratégia Saúde da Família (ESF) do município. A programação contou com palestra ministrada pela psicóloga do programa IST/AIDS de Macaé, Glória Santos Rodrigues.

A Saúde planeja a realização de outras agendas de capacitação com as equipes que compõem as unidades da rede de Atenção Básica, através da estratégia de reestruturação dos polos de assistência à população.

*Estamos retomando os atendimentos e as estratégias de prevenção através da nossa rede. A atuação dos profissionais das Unidades Básicas de Saúde é essencial para garantir à população acesso à informação, exames e tratamentos adequados. Enfatizando sempre a promoção de saúde e a prevenção de agravos”, destacou o secretário de Atenção Básica, Luiz Carlos Braga.

Busca

Acesso Rápido

Destaque