Alunos da rede municipal são campeões em campeonato de Jiu-Jitsu

2022-05-19 15:36:00 - Jornalista: Carla Cardoso
Compartilhe:  
Foto: Arquivo Pessoal
O trio participou do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, em São Paulo

Tem macaense brilhando e conquistando vitórias nos tatames pelo Brasil fora. A estudante Lara Luisa Vieira da Costa (12 anos), e os irmãos Adrian Soares de Oliveira (5) e Nicole Soares de Oliveira (11), fizeram bonito no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, em São Paulo, no último fim de semana. Lara tirou o primeiro lugar no campeonato, Nicole consagrou-se na terceira colocação e Adrian é, atualmente, Campeão Brasileiro Paulista.

O trio aguarda - ansiosamente - para representar Macaé em outras competições. No próximo domingo (22), Nicole e Adrian participam do Brasileiro da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Olímpico (CBJJO), em Deodoro, Vila Militar no Rio de Janeiro. Já Lara estará no Campeonato Mundial sem quimono da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJO), no próximo mês.

Feliz em ter conquistado o ouro na competição em São Paulo (ela já tinha conseguido prata no mesmo campeonato em 2019), Lara conta que começou a treinar em 2018, em um projeto social no bairro Lagomar. Aluna do 7° ano do Colégio Municipal Engenho da Praia, ela relembra que, logo após, ela foi para a academia do Mestre João.

"Foquei bastante nos treinos, na alimentação e fui com mentalidade e físico bom. Fui dedicada e de olho no ouro. É muito gratificante saber que todo esforço e dedicação (chegamos machucadas dos treinos, por exemplo), tudo vale a pena", celebra a adolescente, que atua na equipe JSBJJ/Cesar Maillet Team.

Lara conta que foi a mãe dela, Maristela Vieira dos Santos, quem a incentivou a fazer o esporte. "Minha mãe me matriculou porque o Jiu-Jitsu é um esporte muito importante para desenvolver as crianças e adolescentes. Eu gostei, comecei a me dedicar mais e passei a ir nos campeonatos regionais, depois comecei a ir nos do Rio, no das Confederações, no Pan Americano... E, em 2019, já na faixa cinza, ganhei o Sul-americano. Passei a me dedicar mais nos treinos e alimentação e comecei a treinar nos adultos, por eu ser muito grande", comenta.

Irmãos no esporte - Sobre a participação em São Paulo, Adrian (que estuda no Emei Esmeria Pereira Reid, Engenho da Praia) é enfático ao afirmar: "Gostei muito, porque eu fui campeão. A viagem foi boa e eu gosto muito de fazer Jiu-Jitsu", contou o menino que treina o esporte desde 2 anos e meio de idade, no projeto Jesus ao Extremo Kids e, atualmente, também no JSBJJ/Cesar Maillet Team.

Mesmo tão novinho, Adrian já é campeão estadual. Segundo explica a mãe da dupla, que vivem no Lagomar, Genian Soares, o contato de Adrian pelo esporte começou quando ele tinha dois meses de idade e acompanhava a mãe nos treinos de Nicole. "Ele ficou no projeto por um ano e meio e tem dois anos que ambos estão na equipe JSBJJ. Ele ficou muito feliz com a conquista da CBJJO, que é tão sonhada por muitos. Acima dela, só o Pan Kids, na Califórnia, onde, um dia, se Deus quiser a gente vai ter condições de ir", almeja.

Já Nicole conta que pratica o esporte há cinco anos, incentivada pela mãe. A primeira equipe também foi o projeto Jesus ao Extremo Kids, onde ficou por quatro anos, até entrar na equipe JSBJJ/Cesar Maillet Team.

"Sou faixa amarela com branca, tenho três cinturões e várias medalhas. Esse campeonato da Federação - o mais difícil do Brasil - foi minha primeira vez competindo lá e consegui o terceiro lugar. Dei o meu melhor. O ginásio era grande, cheio de luzes no tatame, tudo muito lindo. Vi vários atletas bem conhecidos e foi muito gratificante pra mim. Espero um dia poder voltar lá e trazer o ouro para a nossa cidade", pretende Nicole, ex-aluna do Emei Esmeria Pereira Reid e Eda Moreira Daflon.

Busca

Acesso Rápido

Destaque