Banco Macaíba é inaugurado e injeta R$ 75 milhões na economia local

Feb 20, 2024 7:05:00 PM - Jornalista: Janira Braga

Foto: Rui Porto Filho

Funcionamento do Banco Macaíba será a partir desta quarta-feira (21), das 9h às 16h

O Banco Macaíba foi inaugurado nesta terça-feira (20) e vai gerir o Programa Municipal de Combate à Pobreza e às Desigualdades. O espaço, localizado na Rua Tenente Rui Lopes Ribeiro, 48, no Centro, atenderá mais de 25 mil famílias beneficiárias pela Moeda Social de Macaé, além de 1.149 comerciantes cadastrados. O funcionamento será a partir da quarta-feira (21), das 9h às 16h.

No somatório dos investimentos projetados na economia de Macaé com o benefício direto para famílias em vulnerabilidade social e comércio de bairro, a Prefeitura de Macaé injeta R$ 100 milhões de reais. A informação foi dada pelo prefeito Welberth Rezende, durante a inauguração do Banco Macaíba.


“São R$ 75 milhões da Moeda Social e R$ 42 milhões do Cartão Educação, que beneficiam diretamente quem vai no mercado do seu bairro usar a Macaíba nas suas compras e também comprar o material escolar da criança, gerando emprego e renda”, expressou o prefeito, lembrando que o valor repassado com o Moeda Social é segundo o número de moradores da casa. “A Macaíba marca a história do desenvolvimento social de Macaé”, reiterou.

De acordo com o presidente da Câmara, Cesinha, “a Moeda Social é o grande projeto de distribuição de renda de Macaé, que se soma às 300 obras da cidade”, assinalou.

O Superintendente do Banco Macaíba, Saraiva Júnior, pontuou que toda a cidade está gerando oportunidades e aquecendo a economia. “A Moeda Social é um marco para o município, em todos os lugares que passamos vemos um adesivo do projeto”, observou, informando que a agência é central, mas serão entregues outras: uma na zona norte e outra na região serrana.

A possibilidade de dignidade foi ressaltada pela vereadora Iza Vicente. “A política social de transferência de renda é a autonomia do cidadão”, definiu a parlamentar.

O fortalecimento econômico do poder aquisitivo das pessoas em vulnerabilidade foi observado pelo vereador Reginaldo.

“O projeto engrandece a comunidade e o comércio, gerando emprego”, classificou.

O vereador Paulo Paes contou que na região serrana, é expressiva a movimentação nas datas de pagamento. “O projeto salvou comércios”, disse.

- A Moeda Social faz com que negócios floresçam e sejam formalizados - comentou o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Maricá, Igor Sardinha.

Participaram também da inauguração a prefeita de Quissamã, Fátima Pacheco; secretários e a população em geral.


Fotos Relacionadas