Circuito Elas por Elas estimula autoestima e liderança feminina

Nov 23, 2023 9:05:00 AM - Jornalista: Janira Braga

Foto: Rui Porto Filho

Primeira-dama e coordenadora do Pró-Bem, Quelen Rezende, garante a continuidade do projeto

Criado pelo Programa de Saúde e Bem Estar Social (Pró-Bem) da Prefeitura de Macaé, o Circuito Elas por Elas já está consolidado como um projeto que promove a igualdade de gênero e empodera as mulheres. Coordenado pela primeira-dama Quelen Rezende, o Elas por Elas visa abordar o valor da autoestima; ministrar palestras sobre liderança feminina e trocar experiências. Nesta quarta-feira (22), o evento foi realizado na Secretaria Municipal de Qualificação Profissional, ministrado pela farmacêutica clínica Vitória Gonçalves.



“O circuito é para que a gente tenha esse fortalecimento juntas, esse conhecimento para que a gente possa voar. Agradeço a todas que vieram aproveitar essa oportunidade e espero vê-las no próximo mês. Vamos juntas, e cada uma utiliza esse conhecimento na área que se identifica, como eu, no social”, destacou a primeira-dama Quelen Rezende, pontuando que haverá uma palestra por mês.



Vitória Gonçalves, que estimulou as mulheres a serem autoridades no que falam, enalteceu que a principal mensagem que ela passa é o empoderamento.


“O tema foi escolhido embasado na mulher como referência dentro do empreendedorismo. Saúde, negócios e ela ser referência no que trabalha”, observou.



A especialista comentou que em alguns momentos a mulher pode ter dificuldade de se empoderar no equilíbrio.


“Muitas vezes falta organização e estratégia para se empoderar no equilíbrio, saúde pessoal e profissional para que ela seja um diferencial no mercado”, detalhou, orientando que as mulheres não tenham um plano B para não falhar no que se propõem a fazer.

Vitória ensinou à plateia como ter posicionamento e ser um modelo no que se faz, citando cinco pilares do sucesso. “Como ser mulher referência frente ao negócio, ao empreendedorismo é o que passamos para as mulheres nesta noite”, ressaltou, assinalando a “importância de não parar”.

Empreendedoras apontam palestra como desenvolvimento de aptidões empresariais
Ana Luiza de Oliveira, de 45 anos, assistiu à palestra e relatou que teve que se reinventar após um grave problema de saúde.


“Tive dois derrames no pulmão por conta de formol, quase morri, aí comecei a empreender no ramo de semijoia há um ano e meio em Macaé”, contou.



A empreendedora acrescentou que as palestras do circuito compartilham vivências, conhecimento e discutem assuntos relevantes para as mulheres, além de incentivar a autoconfiança. “Tenho muita gratidão por essa cidade que me acolheu e pela primeira-dama”, constatou.


“O networking entre as mulheres é importante e é abordado nas palestras, assim como o conhecimento, o que traz muitas ideias”, disse Rayane Castelo, de 27 anos, empreendedora do ramo de lingerie e longewear.



O tema da palestra desta quarta-feira foi "Mulher referência: posicionamento eficaz e o equilíbrio saúde e negócios".


Fotos Relacionadas