Equoterapia tem confraternização de Páscoa no Dia de Conscientização sobre Autismo

Apr 2, 2024 5:55:00 PM - Jornalista: Equipe Secom

Foto: Rui Porto Filho

O evento foi realizado na tarde desta terça-feira (02)

O programa de Equoterapia, desenvolvido pela Prefeitura de Macaé, por meio da Secretaria Adjunta de Atenção Básica, teve uma tarde diferente nesta terça-feira (2). Os assistidos e seus familiares participaram de uma confraternização de Páscoa, com atividades como fotos com o personagem "Coelhinho da Páscoa", lanches e distribuição de chocolates, além de brincadeiras. Profissionais que atuam no programa também participaram. O evento foi na sede da Equoterapia, no Parque de Exposições Latiff Mussi Rocha.

A celebração de hoje tem um significado especial: dois de abril é o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo. Em 2024 o tema da campanha é "Valorize as capacidades e respeite os limites!". Criada pela ONU em 2007 e oficializada no Brasil pela Lei Federal n° 13652/2018, a data tem o objetivo de promover conhecimento e conscientizar toda a população acerca das necessidades e dos direitos das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Entre as crianças que mais se divertiram estava Caio Souza, de seis anos, que tem autismo. "Ele faz equoterapia há seis meses. Fica empolgado no dia de vir para cá. Percebo que ele está mais calmo depois que começou a praticar", revelou Ana Raquel Moraes, mãe do menino. A Equoterapia oferece uma forma de desenvolvimento físico, cognitivo e emocional, utilizando o cavalo como agente promotor de ganhos em um trabalho nas áreas de saúde, educação e equitação.

A prática busca o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais, sendo valioso no tratamento de diversos problemas físicos, neurológicos e emocionais. A indicação é feita para condições como paralisia cerebral; Transtorno de Espectro Autista (TEA); Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH); e síndrome de Down, entre outras.

O município ampliou o atendimento, com 168 crianças atendidas atualmente na sede, e mais 26 na região serrana, na unidade de Córrego do Ouro, que também funciona no parque de exposições do distrito. O programa atende a partir de dois anos, sem limite máximo de idade. O serviço funciona das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira na sede; e, às quartas e sextas, na Serra.

Para o atendimento, é necessário laudo médico com encaminhamento para a Equoterapia no tratamento. O serviço é integral e também oferece suporte às famílias em outras áreas que atuam em parceria. O programa completou 10 anos de atividades no ano passado e tem avançado em termos de equipamentos e profissionais multidisciplinares nos últimos anos.

A Equoterapia municipal foi reconhecida como centro de excelência pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), em visita à unidade no ano passado, e é referência para outros municípios.

Outras informações sobre o serviço podem ser obtidas pelo perfil no Instagram: @equoterapiamacae2013. Contatos podem ser feitos pelo WhatsApp (22) 99211-3894.


Fotos Relacionadas