Macaé realiza VII Seminário de Educação na Perspectiva Inclusiva

Sep 22, 2022 6:32:00 PM - Jornalista: Equipe Secom

Foto: Maurício Porão e Divulgação

O evento marcou o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

Debater políticas públicas municipais de inclusão foi o foco do VII Seminário de Educação na Perspectiva Inclusiva, que aconteceu nesta quinta-feira (22), na Câmara Municipal. O encontro contou com palestras, apresentações culturais e a participação de especialistas da área e autoridades locais, que dividiram o espaço na mesa de abertura com Yago Mendes (14) e André Filho Celestino (15), dois alunos autistas, que são destaques no Colégio Cláudio Moacyr de Azevedo. Na ocasião, eles falaram de acolhimento, inclusão e sonhos.

O evento contou com a presença de mais de 200 pessoas e marcou o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência.

“Agradecemos aos nossos familiares, professores e auxiliares da escola por todo acolhimento e trabalho realizado para o desenvolvimento das nossas habilidades. Temos Transtorno do Espectro Autista, mas somos estudiosos e capazes para tornar nossos sonhos possíveis. Estamos aqui para apoiar o seminário e, com isso, contribuir para que mais pessoas com deficiência tenham oportunidades. Que possamos ouvir mais, lutar pela inclusão e combater o preconceito”, destacou André, que pretende cursar jornalismo. Pedro tem o objetivo de seguir a carreira de atleta, já que o boxe e a natação fazem parte da sua rotina.

A abertura contou com apresentação de saxofone com o instrutor de banda da rede municipal, Eduardo Bruno, e do teatro “Branca Cega de Neve” da Escola Municipal de Educação Infantil Ana Benedicta da Silva Santos.

A secretária de Educação, Leandra Lopes, aproveitou a oportunidade para parabenizar os alunos e a equipe da Educação Inclusiva do município.


“Contamos com uma equipe não só de fala, mas de prática. Quando sentamos na mesma mesa de abertura que o André e o Yago, por exemplo, entendemos a nossa missão como profissionais. Somos servidores responsáveis por fazer a ponte da política educacional com os equipamentos públicos. A inclusão deve ser para todos”, ressaltou a secretária Leandra, que acrescentou as ações do governo municipal para ampliar o quadro de servidores.


De acordo com a superintendente de Educação Inclusiva e Social da Secretaria de Educação, Janaina Pinheiro, a rede municipal de ensino atende 1.770 alunos com deficiência, Transtorno do Espectro Autista e altas habilidades.


“É uma emoção poder promover o seminário e debater o tema “Diálogo Aberto sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.” Nosso foco é a Lei Brasileira de Inclusão e a meta 4 do Plano Nacional de Educação. Precisamos entender que a inclusão é para todos e repensar nessa concepção em sala de aula. Lembrando, também, do serviço do Centro Municipal de Atendimento Especializado ao Escolar (Cemeaes) e na Classe Hospitalar/ Atendimento Domiciliar. É importante ressaltar que com a integração entre todas as esferas governamentais, a prefeitura está pautada nas políticas públicas de inclusão”, disse Janaina Pinheiro.


Também presente, o promotor de Justiça da Infância e Juventude, Lucas Fernandes Bernardes, parabenizou os alunos participantes. “É muito bom ver esses jovens no exercício da luta pelos direitos, isso enobrece o evento. A pandemia foi um desafio e o seminário é uma oportunidade de aprimorar conhecimentos e de avançar quanto à temática das pessoas com deficiência (PCD)”, observou o promotor.

Foram ministradas as seguintes palestras: "Os direitos da Pessoa com Deficiência", com a advogada Luciana Oliveira da Costa; "Os direitos da Pessoa com Deficiência na Perspectiva da Educação", proferida por Luana Schwarcfuter (professora e especialista em Educação Especial); e "Tecnologia e Acessibilidade", com o doutor José Antônio dos Santos Borges.

Também participaram da mesa o vereador presidente da Câmara, Milton César Pereira Moreira; representante da Procuradoria Geral do Município, Wendel Veloso; além das superintendentes: administrativa, Aline Bittencourt; Educação Infantil, Mariana Duarte; de Ensino Fundamental (anos iniciais), Eliane Salgado; Ensino Fundamental (anos finais), Odilaine Fernandes; e a superintendente de Educação Integrada, Waleska Freire.

O seminário foi organizado pela Coordenação de Educação Inclusiva, da Secretaria Municipal de Educação.


Fotos Relacionadas