Plantio de mudas nativas é realizado na Praia Campista

Nov 7, 2022 1:06:00 PM - Jornalista: Liliane Barboza

Foto: Ana Chaffin

Foram plantadas na manhã desta segunda (7), 540 mudas nativas na Praia Campista

A Secretaria de Ambiente, Sustentabilidade e Proteção Animal, em parceria com Instituto de Biodiversidade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Nupem/UFRJ) e Instituto Federal Fluminense (IFF), realizaram o plantio de 540 mudas nativas na orla da Praia Campista, na manhã desta segunda-feira (7), próximo à Petrobras. A ação contou com a presença do prefeito, Welberth Rezende, e da primeira-dama, Quelen Rezende.

Welberth destacou a importância de se concluir mais uma etapa de plantio.


"A Secretaria de Ambiente investia muito em fiscalização e licenciamento, mas agora, estamos investindo no plantio de mudas, principalmente nesses locais onde existiam vegetação e árvores que não eram compatíveis para o local. A recuperação, além de manter a beleza natural, protege as áreas das ressacas. Essa parceria com a UFRJ é muito importante. Em breve estaremos ampliando a área do Nupem", destacou.

Ele acrescentou ainda que o município planeja comprar uma área no Parque Atalaia, ampliando o local. Ainda está sendo realizado o tratamento de esgoto, limpeza da Lagoa de Imboassica, entre outras ações voltadas para a preservação do meio ambiente.

A primeira-dama, Quelen Rezende, conta que ficou muito feliz em participar da ação, pois admira a natureza do município.

"A retirada da vegetação que não era adequada para esse local foi muito importante. O plantio das mudas nativas é para proteger o local do mar e deixar o nosso ambiente mais bonito", disse.

O Secretário de Ambiente, Sustentabilidade e Proteção Animal, Juninho Luna, lembrou que o plantio é a continuidade de várias ações que estão acontecendo na orla da cidade.

"Vale destacar que esse local servirá de pesquisa e um laboratório natural, para que os estudantes e pesquisadores possam acompanhar o crescimento. Essa iniciativa servirá para outros municípios e estados, pois estão sendo aplicados aqui décadas de conhecimentos científicos", pontuou.

O professor titular do Nupem/ UFRJ, Francisco Esteves, disse que ficou muito satisfeito em participar da ação.

"Estou muito orgulhoso, pois estamos disponibilizando altíssimo conhecimento para restaurar a vegetação das orlas das praias, com o custo baixíssimo para os munícipes. O plantio vai evitar que essa área seja destruída pela ação do mar e vai preservar para que as gerações futuras possam apreciar e aproveitar a natureza", declarou.

A coordenadora de Arborização e Paisagismo da Secretaria de Ambiente, Sustentabilidade e Proteção Animal, Fernanda Norbert, explicou que foram plantadas mudas de espécies como Blutaporon portucaloides, Alternanthera marítima, Pilosocerus arrabidae, Impomea pes-caprae, Carnavalia rosea, Neoreglia cruenta, Aechmea blanchetiana e Sophora tomentosa.

"Além do plantio de mudas, realizamos o cercamento das ilhas de restinga. Vamos realizar o trabalho de identificação dos locais onde as amendoeiras foram retiradas e fazer o monitoramento e estudo. As mudas utilizadas no plantio foram adquiridas por meio de medidas compensatórias, e algumas foram produzidas pelos próprios técnicos na sede da Secretaria de Ambiente", concluiu.