Prefeitura estuda implantação da Delegacia da Mulher e da Casa Abrigo

Mar 29, 2005 4:00:09 PM - Jornalista:

A Coordenadora dos Direitos da Mulher, Vânia Deveza, e o presidente da Fundação de Ação Social de Macaé, Fernando Horta, se reúnem no próximo dia cinco, no Rio de Janeiro com a Coordenação do Departamento de Atendimento à Mulher do Estado para tratar da instalação da Delegacia da Mulher e da Casa Abrigo, no município.

A reunião faz parte das parcerias que estão sendo firmadas com a Polícia Civil. O objetivo é implementar novos projetos com o apoio do Poder Judiciário e do Governo Estadual, com a implantação de uma Delegacia Especial para Mulher, melhorando assim o atendimento às vítimas de violência. “Também faz parte do projeto as Casas Abrigo para alojar, temporariamente as mulheres até que possam retornar com seus filhos ao lar”, disse.

Segundo Vânia, a Coordenadoria vem buscando outras parcerias com a Policia Civil e o Poder Judiciário com o objetivo de agilizar o atendimento às mulheres vitimas de violência, no município. De acordo ela, pesquisa realizada no Brasil aponta que uma em cada cinco mulheres já sofreu violência sexual. Outro fato grave citado pela coordenadora é o abuso sexual de meninas. Segundo a Unesco, no Brasil, três em cada quatro meninas sofrem de abuso sexual antes de completar 18 anos.