Prefeitura pode implantar Governo Eletrônico semelhanet ao da Argentina

Mar 30, 2005 3:44:47 PM - Jornalista:

A delegação macaense que esteve na última semana na província de San Luiz, na Argentina, chegou nesta terça-feira à cidade. A comitiva, formada pelos secretários de Planejamento, Carla Mussi; de Ciência e Tecnologia, Guilherme Jordan; e de Indústria, Comércio, Desenvolvimento e Energia, Alexandre Gurgel, conheceu na prática a implantação do governo eletrônico, que engloba todos os setores fundamentais da administração pública.

Através desse sistema, o governo argentino consegue suprir as necessidades da população graças à eficiência do programa, considerando todos os aspectos da administração pública. Com apenas três anos de implantação do sistema de governo eletrônico, a vida dos argentinos foi beneficiada em vários aspectos, incluindo saúde, segurança e educação. “O governo eletrônico tem um papel fundamental na economia da cidade. Os processo digitalizado melhorou notavelmente a eficiência dos serviços e, sobretudo, permite poupar milhares de milhões ao país”, disse Alexandre Gurgel.

Depois da implementação do sistema de governo eletrônico e da inclusão digital, houve um aumento de 60% na receita, gerando maior controle sobre as operações dentro da província. Os secretários macaenses visitaram o hospital público, a delegacia e o laboratório de informática. A viagem faz parte do projeto similar de implantação de tecnologia de Governo Eletrônico, que integrará o trabalho de todas as secretarias municipais, padronizando e facilitando o trabalho como um todo.

O secretário de Ciência e Tecnologia, Guilherme Jordan, que preside o Grupo Gestor de Informática informou que pretende introduzir um sistema semelhante em Macaé. “Foi possível avaliarmos, na prática, os benefícios que um projeto como esse pode trazer para nosso município. A nossa ida a San Luiz foi muito proveitosa”, finalizou.