Selo ABC é apresentado a entidades empresariais

Nov 22, 2023 10:24:00 AM - Jornalista: Juliana Carvalho

Foto: Bruno Campos

Projeto realiza a categorização de qualidade da higiene em estabelecimentos ligados ao ramo da alimentação

Macaé será a primeira cidade do Brasil a entregar selos de categorização de qualidade da higiene a estabelecimentos ligados ao ramo da alimentação. A iniciativa da Coordenadoria Especial de Vigilância Sanitária de Macaé foi apresentada nesta terça-feira (21) a representantes de entidades comerciais. O objetivo é ampliar o conhecimento da ferramenta que busca aprimorar o controle sanitário e prevenção de doenças, classificando os locais de acordo com pontuação alcançada como A, B ou C.

Nesta primeira fase, o projeto piloto conta com a adesão voluntária de 26 estabelecimentos como restaurantes, lanchonetes, padarias, entre outros. O êxito do lançamento do Selo foi destacado pelo coordenador da Vigilância Sanitária de Macaé, Ricardo Salgado. “Inicialmente a nossa previsão era trabalharmos com 10 empresas, mas tivemos uma procura bem maior do que esperado e temos fila de empresários esperando para participar da segunda fase”, detalhou Ricardo, acrescentando que no dia 5 de dezembro haverá a entrega dos selos a esses primeiros participantes. “Serão concedidos 23 da categoria A e três na B”, informou.

O projeto de categorização foi apresentado aos presidentes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Luis Henrique Fragoso; da Associação Comercial e Industrial de Macaé (ACIM), Frederico Barreto; à analista do Sebrae, Silvia Andreia; e à secretária executiva do Macaé Convention Bureau, Polianna Porto.


“Eu acho o projeto fantástico e tenho certeza de que vai ter o apoio das entidades empresariais, uma vez que esse caminho de orientar e informar evita não só transtornos aos consumidores, como ao próprio empresário já que evita prejuízos em com uma eventual interdição de seu estabelecimento”, avaliou Luis Henrique Fragoso.

Durante a apresentação foi mostrado que o Selo ABC foi inspirado em boas práticas de outros países e que o que se busca é fomentar a cultura do cuidado preventivo e da observação aos critérios de riscos sanitários. “Quanto melhor o gerenciamento, menor é a probabilidade de um evento adverso. A ideia é reconhecer e valorizar os empreendimentos que investem em procedimentos que contribuam para a qualidade dos alimentos e a saúde do consumidor”, explicou o coordenador técnico e jurídico da Vigilância Sanitária de Macaé, Hélio Márcio Porto, esclarecendo ainda que o Selo ficará exposto no estabelecimento e será de conhecimento público.

Participaram ainda da reunião a chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Mariana Previtali; e a advogada da Coordenadoria Especial de Vigilância Sanitária, Deusiene Porto.

Outras informações sobre o Selo ABC estão na Resolução 8 da Coordenadoria de Vigilância Sanitária, publicada no Diário Oficial em 14 de novembro de 2023, disponível no site


Fotos Relacionadas