Meio ambiente divulga balanço de recolhimento de resíduos no primeiro semestre

Aug 16, 2022 4:23:00 PM - Jornalista: Liliane Barboza

Foto: Moisés Bruno

Foram enviados para reciclagem 49 mil litros de óleo vegetal

A Secretaria de Ambiente, Sustentabilidade e Proteção Animal divulgou o balanço dos resíduos coletados no primeiro semestre de 2022 nos Programas Municipais de Coleta e Destinação de Resíduos Especiais. Foram enviados para a reciclagem e destinação ambientalmente adequada, 49 mil litros de óleo vegetal, 423 toneladas de pneus e 517 kg de resíduos eletroeletrônicos.

Desde o início do programa, a secretaria de Ambiente enviou para reciclagem e destinação adequada, 4.204 toneladas de pneus, 203.400 litros de óleo vegetal e 19.200 kg de resíduos eletroeletrônicos.

A analista ambiental, responsável pelo Programa Municipal de Coleta e Destinação de Resíduos Especiais, Gabriela Certório, explica que o óleo vegetal descartado incorretamente nas pias e ralos causa danos ao ambiente, contaminando o solo, rios, mares e lagoas. Além de entupir ralos e tubulações de esgoto, aumentando o custo da operação e manutenção da rede. "Na reciclagem, o óleo vegetal é usado como matéria-prima na produção de sabão, detergente e de fontes de energia alternativas, como o biodiesel", explica a analista.

Já a reciclagem dos eletroeletrônicos permite evitar a contaminação do ambiente por metais pesados e reintroduz matérias-primas no ciclo de produção, evitando a extração de novos materiais e diminuindo a degradação ambiental.

"O pneu inservível é um objeto que retém água, gerando risco ao meio ambiente e à saúde pública. Se abandonado ou disposto inadequadamente exposto à chuva, se torna criadouro de vetores de doenças, como o mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika vírus e chicungunha", alerta.

Ela completa informando que os pneus inservíveis são utilizados como combustível alternativo, confecção de artefatos de borracha (tapetes para automóveis, solas de calçados, pisos industriais e pisos para quadras poliesportivas) e adição à massa asfáltica.

O secretário de Ambiente, Sustentabilidade e Proteção Animal, Juninho Luna, ressaltou a importância dos programas para o município. "Visando oferecer à população macaense alternativas ambientalmente adequadas de destinação de seus resíduos sólidos, e orientando sobre os danos ao meio ambiente e à saúde relacionados ao descarte incorreto desses resíduos, a secretaria possui esses programas de destinação de resíduos especiais, que em função do seu volume, peso, grau de periculosidade ou degradabilidade, requer procedimentos especiais para o seu manejo e destinação correta para não causar riscos à saúde das pessoas e ao meio ambiente", pontuou.

Quem quiser conhecer melhor os Programas Municipais de Coleta e Destinação de Resíduos Especiais e os endereços dos Pontos de Entrega Voluntária acesse a aba Programas Municipais de Ambiente, Sustentabilidade e Proteção Animal ou por meio do telefone: (22) 2772-3571.