Feira fomenta o empreendedorismo na juventude

Aug 12, 2022 9:02:00 AM - Jornalista: Juliana Carvalho

Foto: Maurício Porão

Evento reuniu jovens empreendedores de diferentes segmentos na Praça Washington Luiz

O olhar atento e antenado no mercado tem levado cada vez mais os jovens para o empreendedorismo. Nesta quinta-feira (11), a 1ª Feira das Juventudes Empreendedoras reuniu pessoas de diferentes segmentos na Praça Washington Luiz. Em comum, eles têm a realidade de serem jovens e donos do próprio negócio. A iniciativa é da Coordenadoria de Políticas para Juventude, da Prefeitura de Macaé.


"Estamos em uma conjuntura social e econômica em que muitos jovens estão tendo acesso ao primeiro emprego através do empreendedorismo. Por isso, nada melhor do que criar um espaço como esse em que, além de terem a chance de expor seus produtos, eles terão acesso a informações relevantes, através das orientações do Sebrae", revela Andressa Dantas, Coordenadora de Políticas para Juventude de Macaé.

Roupas, doces e até livros estavam entre os itens comercializados. Aos 22 anos, Emi Ina se define como artista múltipla e atua, além da venda de livros e marca-textos autorais, como poeta e artesã através da página no Instagram: Universo Particular. Para ela, iniciativas como essa reforçam o alcance de jovens empreendedores como ela. "É muito importante a gente ter esse espaço na cidade, que foge também um pouco das feiras tradicionais focadas em comida e artesanato. Então, a gente ter um espaço só para juventude é fundamental, principalmente para nós que estamos começando", aponta.

Larissa Reis tem 19 anos e é trancista profissional. Há dois anos ela se especializou e administra o "Laary Reis". "A minha experiência de transição capilar me levou até as tranças, foi quando eu me apaixonei pela arte e decidi fazer o curso. Me formei e desde então vivo desse ofício", afirmou.

O evento também contou com uma roda de conversa com o Sebrae. A analista técnica da regional Norte Fluminense, Silvia Andréa Romão, destacou a importância da formalização para quem quer empreender. "Em um primeiro momento é importante sensibilizar esse público sobre a importância do planejamento, porque com planejamento eles vão conseguir entender todas as outras possibilidades como empreendedor, suas necessidades, seu público-alvo e, assim, poder criar uma estratégia mais exitosa", avalia.

Com apenas quatro meses se dedicando ao negócio de venda de brownies, Lorraine Lacerda encontrou no empreendedorismo uma alternativa de renda depois do nascimento do seu filho e ressaltou a expectativa de poder participar do evento. "Achei ótima essa oportunidade de estar aqui e ainda poder ouvir o Sebrae. Para mim é tudo novidade, ainda estou aprendendo, então, acredito que todas as orientações vão agregar muito no meu trabalho", revelou.

A programação contou ainda com atrações musicais com a DJ Nanda Machado nas picapes e pocket show da Tiahac.


Fotos Relacionadas