Secretaria de Saúde

Equoterapia é disponibilizada no Horto Municipal

2022-05-17 13:11:00 - Jornalista: Joice Trindade
Compartilhe:  
#pratodosverem #pratodosverem foto, durante o dia, na qual vemos uma pré-adolescente sobre um cavalo, ao lado vemos uma mulher adulta.
Foto: Rui Porto Filho
Atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h20

O Horto Municipal está recebendo praticantes da Equoterapia. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h20. O método terapêutico utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais.

Quem apresentar necessidades especiais é atendido acima de dois anos. E síndrome de down, a partir de três anos. Para participar, o paciente passa por uma triagem. É preciso comparecer na sede do programa, com encaminhamento médico e específico, e documentos pessoais como carteira de identidade e comprovante de residência. Logo após, é realizada avaliação individual, com psicólogo e fisioterapeuta. O Horto é localizado na Estrada do Imburo, Km 8, ao lado do Loteamento Paradiso.

Com 133 atendidos, para a Equoterapia no Horto é disponibilizado transporte para os cadastrados. A van busca os usuários nos pontos estratégicos do Centro, Parque Aeroporto e Ajuda de Baixo. Já durante o trajeto com o cavalo, os participantes contam com suporte da equipe multidisciplinar formada por fisioterapeutas, psicólogos e equitadores. O local também conta com a atuação de tratador.

No Horto Municipal, além dos cavalos, os participantes podem apreciar diversas árvores frutíferas, lago e o canto dos pássaros, o trajeto que dura uma média de 40 minutos tem o cavalo como agente promotor de ganhos a nível físico e psíquico.

A atividade exige a participação do corpo inteiro, contribuindo, assim, para o desenvolvimento da força muscular, relaxamento, conscientização do próprio corpo e aperfeiçoamento da coordenação motora e do equilíbrio. Além do Horto, a equoterapia é oferecida gratuitamente, às sextas-feiras, das 8h às 15h30, no Parque de Exposições do Córrego do Ouro (região serrana).

O coordenador da Equoterapia, Tiago Franco, se orgulha do comprometimento dos profissionais e da evolução dos praticantes. “É gratificante vermos o desenvolvimento dos participantes ao longo do trabalho desenvolvido na equoterapia, pois o método incentiva 1.700 estímulos por minuto. Os benefícios são inúmeros, como coordenação motora, interação e socialização”, ressalta.

A equoterapia desperta brilho no olhar e movimentos específicos, conforme o perfil e patologia do praticante. Os irmãos Mariyanna Ramos de Castro, 14 anos e Davi Lucca Moraes, 4 anos, esbanjam sorrisos em cima do cavalo.

“Eu gosto dos cavalos, de tudo aqui . O Horto é muito bonito”, contou Maryanna, aluna do 9ª ano do Colégio Municipal Ancyra Gonçalves Pimentel.

Já o pequeno Davi Luca, estudante do pré I da Escola Municipal de Educação Infantil Hilda Ramos, disse que gosta dos movimentos do cavalo. “Equoterapia é legal”, falou, também acompanhado dos equitadores Marco Antônio Teófilo e Ceidimar de Aguiar, das fisioterapeutas Rosiane Pessanha e Laís Cavararo, e da psicóloga Viviane Marques.

Orgulhosa e comovida com o avanço proporcionado pela equoterapia aos seus dois filhos, a mãe, Géssica Moraes, explica que os resultados após o início do atendimento são visíveis. “Minha filha está mais independente. Esta autonomia é notada em casa por todos, tanto na mobilidade quanto nos estudos. Já meu filho Davi falava pouco, mostrava irritabilidade, não gostava de se socializar e tinha problemas na locomoção. Em tudo isso está tendo avanços também. Só tenho que agradecer à equipe da equoterapia por todo carinho e atenção”, salienta.

A prática de Equoterapia traz benefícios como desenvolvimento de coordenação de movimentos entre tronco, membros e visão, estimula os órgãos do sentido e promove organização e consciência do corpo, melhoria do equilíbrio e da postura, ajuda a superar fobias, melhorar memória, concentração e sequência de ações, motiva o aprendizado encorajando o uso da linguagem, ensina a importância de regras como segurança e disciplina, aumenta a capacidade de independência e de decisão, estimula os órgãos do sentido e promove organização e consciência do corpo. O atendimento da Equoterapia é vinculado à Secretaria de Saúde.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque