Secretaria de Saúde

Governo reforça estratégia para garantir a aquisição de medicamentos e insumos

2022-05-17 16:23:00 - Jornalista: Márcio Siqueira
Compartilhe:  
Foto: Márcio Siqueira
Objetivo é garantir a continuidade dos atendimentos realizados

Agilizar os processos internos de licitação e compras, e mapear a disponibilidade de mercado de medicamentos que pertencem à relação nacional preconizada pelo Ministério da Saúde, faz parte da estratégia montada nesta semana pelo governo para suprir a demanda de remédios e insumos, evitando assim o desabastecimento de itens registrado a nível nacional.

O objetivo é garantir a continuidade dos atendimentos realizados, em especial, nas unidades da rede de urgência e emergência, além de buscar alternativas que evitem a suspensão de procedimentos como acontece atualmente em outras cidades da região.

O trabalho segue os dados da regulação de preços de mercado registrados pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) para aquisição dos itens preconizados pela Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME) e previstos também na Relação Municipal de Medicamentos de Macaé (REMUME).

A estratégia da Saúde mantém também o monitoramento da disponibilidade de mercado de medicações e insumos utilizados em procedimentos realizados, tanto nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Pronto-Socorros e Hospitais, quanto nos pólos da Atenção Básica.

“É nossa prioridade garantir a aquisição dos insumos e medicações e manter todos os nossos atendimentos. O cenário nacional é preocupante, diante da baixa na produção desses itens a nível global. O nosso objetivo é identificar todas as possibilidades legais para garantir a compra e a entrega desses produtos”, afirmou o Secretário de Saúde, Alexandre Cruz.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque