Secretaria de Saúde

Macaé promove I Simpósio sobre Tratamento de Queimaduras

2010-11-19 15:39:04 - Jornalista: Emmanuel Rosestolato - estagiário
Compartilhe:  

A prefeitura de Macaé por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), em parceria com a Associação Macaense de Enfermagem (AME) e a empresa M.Müller, promoveram nesta sexta-feira (19), no auditório do Paço Municipal, o I Simpósio sobre Tratamento de Lesões, abordando o tema queimaduras.

O evento contou com dois palestrantes, que ministraram três módulos, abordando desde o atendimento pré-hospitalar até controle da infecção e suporte nutricional.

O Simpósio foi dirigido a médicos e enfermeiros de Macaé e região, atuando como educação continuada e principalmente, uma atualização e aprofundamentos dos profissionais no assunto. O objetivo foi prestar um melhor atendimento e tratamento, principalmente de para casos de queimaduras mais graves.

- Estamos aqui dando uma visão geral do paciente queimado, uma atualização para estes profissionais. Os cuidados acerca da queimadura não se aprendem apenas na faculdade. Vamos passar desde os curativos corretos a serem utilizados em cada tipo e estágio de queimadura, como tratamento inicial e a própria prevenção, disse a palestrante, a chefe do Centro de Tratamento de Queimados Adulto do Hospital Municipal Souza Aguiar no Rio de Janeiro, Maria Cristina do Valle Freitas Serra.

Ainda segundo Maria Cristina, grande parte das pessoas que sofrem queimaduras é devido ao manuseio de álcool ou líquido quente. Além da térmica que é a mais conhecida, como as queimaduras elétricas, químicas e por radiação.

- Estamos hoje apresentando novas técnicas e novos produtos adequados para todo tipo de queimadura. Essa parceria que a prefeitura, a AME e a Secretaria de Saúde fecharam é muito interessante para o município, uma vez que os profissionais além de estarem melhor preparados ara atender aos queimados, eles gastariam muito dinheiro para se atualizarem por conta própria, diz a enfermeira Lydia Neves Codeço.

Mesmo os profissionais que não atuam diariamente com queimados se mostraram muito interessados com as novidades apresentadas, como a enfermeira do Hospital São João Batista, Dóris Schirmer Hoberte.

- Está sendo muito esclarecedor participar do simpósio, no São João Batista, não temos muitos queimados então, acabamos não tendo muita experiência nesse aspecto. É sempre bom que possamos atualizar o nosso conhecimento, as técnicas e produtos melhoraram muito, agora a pouco apresentaram uma técnica de tratamento utilizando a membrana amniótica, que eu não conhecia, diz.

No geral, pessoas que sofrem algum tipo de queimadura devem aplicar apenas água corrente, e se possível aplicar o Burnshield (curativo imediato com hidrogel à base de água) e ser encaminhada para o hospital mais próximo.

+ Mais Notícias
Busca

Destaque